Nei Jing (500-300 a.C.) é o livro de Medicina Interna mais antigo do mundo, nele a MTC, Medicina tradicional Chinesa baseia-se até os dias de hoje. Dá para ter-se ideia quanto tempo de estudo e pesquisa para chegar até os dias atuais; no Brasil a Acupuntura foi introduzida pelos imigrantes orientais em 1950.

Os chineses consideram a existência do dualismo em tudo que existe no universo, duas forças contrárias e ao mesmo tempo complementares: o Yin e o Yang.

Yin e Yang não são dois elementos distintos, são dois aspectos da mesma realidade. Nada é absolutamente Yin ou Yang, todos possuem o Yin e o Yang.

O Yin é calmo, Yang é movimento, Yang gera a vida, o Yin mantém a vida.

O movimento dessas duas forças leva ao equilíbrio dinâmico; equilíbrio estático leva à estagnação, a bloqueio das energias.

As doenças são geradas pelo desiquilíbrio do Yin e do Yang, para tratá-lo é necessário tonificar as deficiências e dispersar os excessos.

A Acupuntura sistêmica utiliza agulhas especiais aplicadas em pontos específicos do corpo relacionados aos meridianos.

Meridianos são canais de energia que nutrem todo o organismo e conectam a superfície do corpo aos órgãos internos.

Porque procurar um acupunturista?

Para identificar através de anamnese criteriosa quais as síndromes a serem tratadas para obter equilíbrio psicobiofísico, retornar à sensação de saúde e bem estar.

Quais os Benefícios da Acupuntura?

  • Agudez mental,
  • Maior disposição,
  • Alívio das dores,
  • Sono com qualidade.

Para as pessoas que por algum motivo não possam utilizar agulhas podem ser utilizadas esferas ou sementes sobre a pele fixadas com micropore.

Importante passar pela experiência e sentir os efeitos que o tratamento com a Acupuntura irá proporcionar a você.

A Acupuntura pode ser associada à psicoterapia para tratamento da Depressão, Síndrome do Pânico, Estresse, Exaustão (Síndrome de Burnout), Compulsões, Insônia e demais doenças psicossomáticas.